blog

Rotina e home-office

por Denise Saito

23 de Dezembro de 2020

Uma queixa frequente que escuto dos freelancers é a dificuldade em trabalhar em casa e/ou criar uma rotina. Pra quem já tentou, sabe que é difícil separar a vida pessoal da vida profissional nesse contexto.  A coisa complica ainda mais se você divide a casa com outras pessoas, se tem filhos, ou se o lugar onde você mora é muito pequeno. Quanto mais difícil, mais disciplina você necessita. Mas arrisco dizer que parte dessa queixa é que a gente tá acostumado a achar que rotina é acordar às 6h da manhã, meditar, fazer yoga, tomar um café da manhã tranquilo observando os pássaros e começar a trabalhar às 9h sem problemas na cabeça. E tudo que foge disso, não é rotina.

Ter rotina ou não

Assim como tudo na vida, nada funciona pra 100% das pessoas. Alguns gostam e precisam dela, outros detestam e não conseguem fazer tudo do mesmo jeito todos os dias. Eu acredito no poder do hábito mas também acredito que não precisamos todos ter os mesmos hábitos – vai do perfil de cada um e, por isso, é muito importante se conhecer e se respeitar.

A definição de rotina é fazer algo sempre do mesmo jeito. Se o seu dia consiste sempre em acordar ao meio-dia, almoçar às 16h e trabalhar das 22h às 02h, você tem uma rotina. Bem estranha, mas tem. O que importa é encontrar o que funciona pra você e a forma de trabalho que extrai o seu melhor. Um dos privilégios em ser autônomo é exatamente isso – poder escolher como, quando e onde trabalhamos, sem dar satisfação pra ninguém. Nós não precisamos nos encaixar em padrões impostos por outras pessoas, ou seguir sistemas que não condizem com a nossa natureza. Você pode fazer do seu jeito, só lembre que talvez o seu jeito seja bem diferente do que os outros estão acostumados. Caso você tenha algum hábito muito fora do comum, avise seus clientes e as pessoas que trabalham com você desde o começo.

Trabalha aqui toma um chá

Talvez eu seja uma das pessoas mais organizadas, focadas e disciplinadas que eu mesma conheço 😆 Então, vindo de mim, te digo: eu misturo minhas tarefas da casa no meio do trabalho. Mas faço isso de forma organizada, claro! A questão é que cheguei num formato que funciona pra mim e dentro do meu estilo de vida. Então como faz pra definir uma rotina que faça sentido pra você?

1. Ressignifique a palavra rotina

A primeira coisa é entender a ideia de rotina de forma diferente. Você pode acordar e dormir a hora que preferir, trabalhar e descansar quando achar melhor, desde que exista algum tipo de consistência nos seus dias. Muita gente acha que rotina é acordar às 6h da manhã, trabalhar das 9h às 18h e ir dormir às 22h. Essa é só uma rotina possível dentre muitas – e você pode criar a sua.

2. Encontre algo que faça sentido pra você

Seguindo a ideia do item anterior, pense no que seria uma rotina ideal pra você, dentro dos seus hábitos e limitações. Quem tem filhos, por exemplo, terá uma rotina bem diferente de quem mora sozinho. Defina espaços no seu dia pra dedicar a cada área da sua vida e encaixe cada caixinha onde for melhor. Desenhe algo que seja sustentável a longo prazo, não queira se desafiar demais pois isso pode se tornar um problema.

3. Tá tudo bem se perder às vezes

Mesmo tendo rotina, pode ser que um dia ou outro seja um caos. E tá tudo bem. Acontece comigo também, faz parte. Às vezes a gente se programa pra seguir um planejamento e mil imprevistos acontecem. Aprenda a ser flexível e aceitar quando isso acontece. A rotina serva pra te ajudar a se organizar, não pra te tornar um escravo dela.

4. Avise seus clientes

Caso você tenha uma rotina muito diferentona – tipo trabalhar de madrugada –, é importante que as pessoas saibam disso. Avise os clientes desde o começo, no momento de fechar a proposta. Eles precisam estar cientes e de acordo com suas condições. Com isso, você evita problemas caso eles queiram que você trabalhe num horário que não pode ou não quer.

5. Reajuste à medida no necessário

Nada na vida é permanente. Você pode e deve reajustar sua rotina de acordo com a necessidade. O tempo passa, nossa vida muda, coisas loucas acontecem, e sua rotina deve acompanhar essas mudanças. Uma casa nova pode pedir um rotina nova, um novo parceiro ou parceira também, ou seja, esteja aberto(a) a se adaptar.

⟵ Voltar

Quer receber notificações sobre nossas novidades?

Tudo certo! 👍🏽
Ops! Algo deu ruim ☹